Entre a cruz e a espada

Após o vídeo viralizado nas redes sociais, no qual o presidente Jair Bolsonaro diz a um apoiador para “esquecer o partido”, e faz críticas ao presidente nacional do PSL Luciano Bivar, uma pergunta a nível mossoroense não me sai da cabeça: será que o pré-candidato Dr. Daniel vai também esquecer o PSL, sigla que tanto defende?

Dr. Daniel é do clã PSL ou do clã presidenciável? Tem uma ideologia ligada ao partido, ou busca apenas se escorar na imagem do presidente?

Veja o vídeo:

Entenda o caso:

Bolsonaro tem cogitado deixar o PSL. De acordo com o o colunista Lauro Jardim , o presidente disse recentemente que terá uma última conversa com Bivar antes de decidir se irá realmente sair da legenda.

O PSL vem enfrentando uma disputa interna pelo controle do fundo partidário milionário da sigla. Aliados de Bolsonaro travam uma briga para que o presidente nacional do PSL, Luciano Bivar , altere o estatuto da legenda e dilua com integrantes da executiva seu poder sobre o controle dos recursos. A mudança enfrenta resistência de Bivar, que começou a sofrer um processo de fritura por deputados que cobram sua saída do cargo.

Interlocutores de Bolsonaro pediram a intervenção do presidente para substituir Bivar por um nome de “perfil técnico”, “conciliador” e que tenha um maior controle da legenda na Câmara. Os deputados do PSL são considerados rebeldes e desalinhados ao governo. A ideia é encontrar um nome de equilíbrio dentro da própria bancada na Câmara para pacificar a base.

Sê o primeiro

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *