Equipe de Rosalba emite nota e mostra que atual governo tá perdido

Ao que parece, a equipe de Allyson Bezerra passou vergonha mais uma vez. Os professores não entenderam que gestão pública não é banco universitário pra ficar conversando o que quer e o que não quer.

A alegação de hoje é que os sistemas tinham sido apagados. Queriam, talvez, modelos ou um manual de instruções de como governar.

Não entenderam também que ao assumir, devem solicitar novas senhas de acesso aos sistemas que são utilizados pela Prefeitura, as quais são bloqueadas a cada mudança de mandato.

Giraram em um oito e mostraram, no 4º dia de mandato, que estão mais perdidos que cego em tiroteio.

Mas enfim, vamos a nota expedida pela equipe da gestão Rosalba:

A gestão da prefeita Rosalba Ciarlini esclarece que na mudança de um governo para outro há um bloqueio automático do sistema, inclusive por medida de segurança  e isto é uma característica normal e conhecida do funcionamento do sistema.

Para acessar é algo bem simples: é nescessário apenas que o novo prefeito cadastre e garanta o acesso de seus auxiliares.

A partir disso, todas as informações que estao no sistema são acessadas.
Portanto, a informacao de que dados foram deletados é completamente equivocada é falsa.

No dia 23 de dezembro o coordenador da equipe de transição e consultor do município, Anselmo Carvalho, pediu ao coordenador da equipe do então prefeito eleito,  Raul Santos, para informar os nomes e CPFs dos Secretários para cadastramento prévio no sistema orçamentário. Raul não respondeu. 

No ofício que foi  apresentado à comissão foi dito também que todos os detalhes estão no setor de folha de pagamento da Secretaria de Administração.

Vale lembrar que todos os serviços públicos continuam funcionando normalmente, o que demonstra que o clima de terra arrasada é falso. 

Neste  momento a ex-prefeita não deseja polemizar ou entrar em discussões públicas sobre o funcionamento habitual da administração. A ex-prefeita renova os desejos de sucesso e êxito para a atual administração.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Voltar ao Topo