Polícia Civil do RN vai parar

Em assembléia geral na manhã desta quinta-feira 20, os policiais civis e servidores da Segurança do RN decidiram realizar uma paralisação a partir das 8h da próxima terça-feira 25. A greve é por tempo indeterminado. As informações foram publicadas inicialmente pela Tribuna do Norte.

Os policiais civis afirmam que estão lutando pela não retirada do Adicional por Tempo de Serviço (ADTS) da categoria, que é alvo de ação e pode ser extinto, de acordo com o Sinpol. A categoria afirma que há chance de redução de até 35% nos vencimentos, caso seja confirmado o fim do ADTS.

O Sinpol informou que vem negociando com o Governo do Estado para impedir a retirada, mas que não houve avanço.

“Existem prazos e a categoria está aflita com a possibilidade real de ter seu salário reduzido repentinamente. Por isso, realizamos a assembleia geral e foi aprovado por unanimidade a paralisação. Esperamos que o Governo se sensibilize e volte a negociar conosco para encontrarmos uma saída para este problema”, disse Edilza Faustino, presidente do Sinpol-RN.

Sobre os servidores da Segurança, a categoria espera há anos a implantação do Plano de Cargos, Carreira e Remuneração. “É um grupo pequeno de pouco mais de 50 servidores e até hoje nenhum Governo quis olhar para eles com o devido respeito. Então, é mais do que justo que essa pauta seja negociada e avance”, completou Edilza.

Agora RN

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Voltar ao Topo