Vírus seletivo em Tibau

Passado o primeiro final de semana do ano, as praias super lotadas, como sempre, e em Tibau não foi diferente.

O que está “proibido”, foi o que mais se viu: Aglomeração em todos os lugares.

Casas luxuosas fazendo suas festas (Inclusive com bandas), barracas, pizzarias, bares, na beira da praia os paredões de som juntando verdadeiras multidões. Tudo isso sem fiscalização, ou quase nenhuma.

Agora faço uma pergunta: Por quê só não pode festas nos clubes de Tibau? Algumas atrações já estavam confirmadas para o veraneio 2021, como o pagode Menos é mais, Maneva, Safadão, Xandy avião, barões da pisadinha entre outras, e tiveram que ser canceladas. Motivo: Não pode aglomerar.

Os lugares onde podem transmitir o vírus da COVID-19, são seletivos? Quem determina esses lugares?

Várias outras perguntas cabem nesse texto.

Não seria mais fácil fiscalizar, cobrar, punir, eventos que tenham uma pessoa, um empresário responsável?

O blog ficou sabendo que nos próximos dias vai acontecer uma vaquejada em gado bravo, com 200 inscritos. Vai? Aguardemos.

Imaginemos quem iria ganhar um “dinheirinho” com esses eventos, olhando tudo isso acontecer e não poder fazer nada, inclusive a justiça autorizando festas em outras cidades, aqui do RN, como São Miguel do Gostoso, e também em Pipa. Realmente é triste.

Só nos resta esperar uma resposta daqueles que podem tomar uma decisão.

Ah, eventos acontecendo, vai quem quer.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Voltar ao Topo