80% dos testes de antígeno para Covid nas cidades brasileiras dão positivo, aponta conselho de secretarias

O momento da pandemia de Covid-19 no Brasil é extremamente crítico e gera preocupação, de acordo com o presidente do Conselho Nacional das Secretarias Municipais de Saúde (Conasems), Wilames Freire. Segundo o que disse em entrevista à CNN nesta terça-feira (18), 80% dos testes de antígeno para Covid realizados dão positivo.

Assim, com o avanço da variante Ômicron e crescimento no número de casos da doenaça, o sistema de saúde tem sido cada vez mais impactado e pressionado, mas, segundo Freire, isso já era esperado, observando o que está acontecendo em outros países.

Para o presidente, a preparação atual faz com que o Brasil corra menos riscos de vivenciar situações parecidas a outros momentos da pandemia, como a falta de insumos e leitos. Porém, ainda é necessário cautela e segurança.

“Temos orientado os municípios a protegerem suas equipes médicas, para que nós possamos ter o mínimo de profissionais afastados. Se tivermos um grande número de profissionais, será muito difícil o combate à pandemia, pois não temos como repor estes profissionais”, afirmou após informar que a média de trabalhadores da saúde afastados está em torno de 10 a 15%.

Conforme explicou na entrevista, um ponto positivo é que a vacinação tem conseguido prevenir um aumento significativo no número de mortes e, principalmente, internações – seja na UTI ou não.

“A cada dez pessoas internadas no Brasil, oito não tomaram vacina“, disse.

Ele ressaltou a importância de se fazer uma campanha nacional pela vacinação, juntando governos federal, estadual e municipal.

Sobre a Coronavac, Freire afirmou que, se for aprovada pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), deverá ser utilizada na vacinação de crianças.

A Anvisa fará uma reunião para decidir se autoriza ou não o uso na quinta-feira (20), às 10h. Nesta quarta (19), às 15h, será feita uma deliberação sobre os autotestes no Brasil.

CNN Brasil

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Voltar ao Topo