Bate-papo com a candidata à reitoria da UFERSA Ludimilla Oliveira

Entrevistamos hoje, 1°, na rádio RPC, a candidata Ludimilla Carvalho Serafim de Oliveira, e, como prometido, trazemos também em nosso blog um bate-papo com a candidata.

Vamos ao que interessa.

BLOG DO AGENOR MELO – Primeiramente, gostaríamos de agradecer por ter aceitado este convite. A UFERSA, como filha de Mossoró, assume papel vital não só para seus alunos e servidores, mas para a população. E hoje vamos buscar levar exatamente essa ideia. Assim, eu inicio perguntando: Quem é Ludimilla Oliveira, candidata a Reitora da UFERSA?

A gratidão é uma virtude e com ela quero agradecer esse espaço nobre do rádio, que me foi concedido. Tenho 44 anos, sou mossoroense, casada , tenho um único filho que está com 27 anos e a poucos dias , para concluir seu curso de medicina. Tenho uma formação interdisciplinar sendo técnica em Contabilidade , graduada em Serviço Social, Especialista em Direito Ambiental, mestrado em Desenvolvimento e Meio Ambiente e doutorado em Arquitetura e Urbanismo.

Atuo na graduação e pós-graduação, estudei a minha vida inteira na Escola Pública e só fiz ensino médio no União Colégio e Curso, porque na época tive uma bolsa de estudos , assim como na Escola Técnica de Comércio União Caixeral. Oriunda de uma família humilde morei na periferia de Mossoró, quando o bairro Santo Antônio possuía uma realidade bem diferente da que existe hoje, naquela localidade. Tenho um pouco  mais de 10 anos de UFERSA e desde que ingressei em seus quadros efetivos, já fui direto trabalhar na área administrativa passando nos quadros por assessorias, Pró-reitoria de extensão, Conselhos da Universidade, Chefias de Departamento, atuação em Conselhos importantes representando a Universidade como é o caso do Pólo Costa Branca , na Comarca da Execução Penal do Município de Mossoró.

Atualmente sou Presidente do Conselho da Comunidade da Penitenciaria Federal em Mossoró e Diretora do Centro de Ciências Sociais Aplicadas e Humanas. Sou escritora e imortal das seguintes academias: Academia de Ciências Jurídicas e Sociais de Mossoró -ACJUS ocupo a  cadeira 37, Academia Mossoroense de Letras – AMOL ocupo a cadeira 23, Instituto Histórico e Geográfico do RN – IHGRN, ocupo a cadeira 148. Pertenço aos quadros da Associação Brasileira de Mulheres de Carreira Jurídica – ABMCJ , Associação Mossoroense de Escritores -ASCRIM, Associação de Mulheres Litero- artística Potiguar – ALAMP , além disso sou sócio -correspondente da União Brasileira de Escritores-UBE -RJ. Sou entusiasta da causa humanista , acredito que podemos fazer mais pelo nosso povo , sou cristã, uma pessoa de fé , que tenho uma vida edificada no respeito. Acredito que somente com educação podemos mudar o caminho de muitos jovens que vieram do campo ou da periferia de uma cidade, assim como eu.

BLOG DO AGENOR MELO – O que te levou a participar das eleições para escolha da lista tríplice?

O amor pela causa à educação  e o impacto que ela produz. Como mossoroense , lembro da importância da ESAM para nossa cidade. De ouvir no rádio e me emocionar com o resultado do vestibular, vi de perto o orgulho de termos um lugar de referência. Sou do tempo que tínhamos orgulho de dizer ,a ESAM fica na minha cidade.

Hoje a UFERSA  tem 53 anos de história e aproximadamente 16 anos de uma gestão de continuidade. Tivemos um tempo de expansão com crescimento, mas agora chegou a hora de pensar em desenvolvimento. Da nossa Universidade seguir para integrar o Setor Produtivo com os cursos, trazendo oportunidades e cooperar com sua função social, para tirarmos muitos jovens do caminho das drogas, da cadeia.

Temos um plano de trabalho com propostas exequíveis e capazes de mudar os rumos da nossa Instituição, que está no semiárido, mas que precisa ser projetada para o mundo. Quero ser a Reitora que vai  apresentar e mostrar que temos no semiárido potenciais pesquisadores e que podemos sim fazer a diferença, enquanto Universidade para a sociedade de um modo geral.

BLOG DO AGENOR MELO – Acredito que é a primeira vez que a UFERSA terá uma consulta para Reitor com tantos candidatos. A que se deve isso?

Ao fato de há 16 anos, termos uma gestão de continuidade. E , aqui vou explicar melhor: o apreço aos meus colegas e respeito nada tem com esse momento. Mas, não posso deixar de lutar para agora viver uma fase de oportunidades na UFERSA.

Um Ex- reitor já teve sua oportunidade e agora se vale de uma experiência que ele mesmo optou em deixar de lado para seguir uma carreira política e aí temos um fato importante a destacar que são três candidatos oriundos da gestão que faziam parte da mesma sendo os Pró-reitores de Ensino, Pesquisa e Extensão.

Acredito que a ineficiência desse modelo que se arrasta por tanto tempo , trouxe divisões o que é preocupante e  a  Universidade deve pensar muito. Estamos em tempo de ter decisões assertivas , concretas e transparentes . A sociedade precisa  ter clareza da importância do nosso papel e das nossas ações.

BLOG DO AGENOR MELO – Como você avalia a atual gestão que está a frente da UFERSA?

Cada gestor tem  a sua forma e maneira de trabalhar. Entretanto, tenho nessa pergunta um aspecto mais importante para destacar: a forma como Ludimilla sendo reitora irá fazer a sua gestão. Vamos implantar um sistema de transparência alinhada com os órgãos de controle CGU e TCU, quase que em tempo real. Isso, irá trazer a Universidade equidade nos atos administrativos e melhor critérios em decisões no campo das prioridades numa gestão multicampi.

Outro ponto   importante, é dimensionar os servidores técnicos da nossa Instituição e organizar a gestão de processos com a área de tecnologia da informação, precisamos implantar qualidade de vida em todas as ações da nossa gestão. É preciso, pensar a UFERSA integrada com o Sistema produtivo, temos sal , petróleo, fruticultura irrigada, agricultura orgânica e outras áreas que podem  e devem servir de aporte para oportunidades na nossa Instituição. É preciso fazer uma Universidade forte e alinhada com o seu papel e função na sociedade.

Queremos uma gestão que pense na integridade do nosso estudante, com saúde, lazer e bem estar. As taxas de evasão estão muito altas e precisamos priorizar a permanência. Nossos jovens de hoje, são o futuro de amanhã.

BLOG DO AGENOR MELO – Esse ano, o CONSUNI deliberou que a escolha será feita de forma remota, o que é uma absoluta novidade, mas se justificou em virtude da pandemia. Como a senhora avalia isso? Acredita que esta forma deverá se manter para os próximos pleitos? Quem mais sai prejudicado com esse tipo de votação?

Inicialmente quero considerar que o sistema é totalmente seguro, não há o que temer. A comissão tem feito um trabalho muito sério, comprometido e os servidores envolvidos diretamente com a tecnologia estão preparados não só para lidar com a ferramenta. Mas, para garantir a segurança do pleito. Manter será possível, ela é sustentável e usa  a tecnologia  a favor da Instituição. O grande impasse nesse momento, é não termos um processo de atividades presenciais e poderá dificultar ao nosso estudante.

Todavia, acredito que o acesso pelo celular irá incluir e garantir que uma grande quantidade de pessoas na hora do voto. A votação garante uma escolha democrática , e não realizar  a mesma  iria levar a UFERSA a uma instabilidade administrativa por meio de uma Intervenção, que seria naturalmente uma consequência por não envio da lista tríplice em tempo oportuno ao MEC.

BLOG DO AGENOR MELO – Quais serão seus principais eixos de proposta durante a campanha? Algo significativamente diferente da atual gestão? Algo que responda a alguma crítica pontual à atual gestão?

Temos além da transparência, a excelência acadêmica, a gestão de pessoas, a política estudantil, a internacionalização e a integração com a sociedade. O que nos diferencia de maneira direta é a forma como vamos lidar com a sociedade, o setor produtivo, os convênios nacionais , internacionais e a atuação na frente de trabalho com os órgãos de controle CGU  e TCU.

Estamos dispostos a sair em busca de apresentar a UFERSA para o mundo e está alinhada diretamente com as demandas da Universidade. A autonomia  será sempre um guia, para o respeito as diferentes ideologias, aos diferentes posicionamentos políticos. A reitora assumirá perante a comunidade ufersiana e à sociedade um compromisso com o respeito,  a democracia e a inclusão social.

BLOG DO AGENOR MELO – É possível fazer a UFERSA crescer, mesmo diante do quadro de contingenciamento de recursos?

Claro. Contingenciamentos sempre tivemos, agora o que difere uma Universidade de outra é a sua forma de captar recursos. Para isso, não se pode ter partido político nem ideologia. Precisa criar o Portfólio Institucional e ir se articulando inicialmente com órgãos fomentadores de tecnologia, de inovação, de resultados que impactem diretamente a sociedade por meio das pesquisas.

O apoio dos Municípios, do Estado e da bancada Estadual, Federal é primordial. Haja vista, ser essa a função desses legisladores. Então iremos trabalhar para prospectar a UFERSA, em diversas frentes.

BLOG DO AGENOR MELO – Qual principal problema enfrentado pela UFERSA atualmente, e como pretende resolver?

O fortalecimento dos cursos de graduação e a solução para a evasão, nós temos que trazer como prioridade. Porque é por meio da graduação que os sonhos se tornam realidade e mais  que transformamos vidas . A realidade de muitos jovens , só vai ser outra quando necessariamente ele tiver uma formação, uma profissão. São famílias que anseiam a mudança, e isso nós sabemos fazer. O trabalho multicampi é crucial, a UFERSA é uma só .

É preciso ter gestão administrativa capaz de fazer desenvolver toda a Universidade. Uma graduação estabelecida, forte e equipada adequadamente trará uma pós-graduação de qualidade , com pesquisas de impacto direto.

BLOG DO AGENOR MELO – Agora, pode fazer suas considerações finais aos nossos leitores.

Quero assumir o compromisso com a Comunidade Ufersiana e com o RN, de fazer o melhor, porque é meu sonho transformar a vida das pessoas com a Universidade. A educação transformou a minha vida e irá também mudar  a de muitas pessoas na nossa gestão. Por isso, pedimos para  Acreditar na mudança, Ludimilla e Pordeus estão preparados para fazer  a diferença nos próximos quatro anos, se Deus quiser.

Essa foi Ludimilla Oliveira, candidata a Reitoria da UFERSA. Assim como faremos com todos os candidatos, clique aqui e veja o plano de gestão da candidata.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Voltar ao Topo