Câmara Municipal de Mossoró se solidariza a professor por fala de Deputado

Por unanimidade, a Câmara Municipal de Mossoró aprovou, hoje (13), Moção de Desagravo (reparação de afronta) aos professores do Rio Grande do Norte, em razão de fala do deputado estadual Tomba Farias (PSDB). Na Assembleia Legislativa, quarta-feira (7), o parlamentar disse “professores estão de férias há 1 ano e 10 meses” por causa da suspensão das aulas presenciais devido à pandemia de Covid-19.

O requerimento (nº 294/2021) aprovado na Câmara de Mossoró é de autoria da vereadora Marleide Cunha (PT). “As acusações do deputado são injustas, inconsequentes e prestam um desserviço à sociedade ao difamar profissionais que constroem a base para o futuro de uma sociedade desenvolvida e democrática”, justifica.

Defesa da mulher

A bandeira antiviolência contra a mulher foi outro destaque da Câmara de Mossoró, na sessão desta terça-feira. As vereadoras Larissa Rosado (PSDB) e Carmem Júlia (MDB), por exemplo, levaram o tema à tribuna. Defenderam mais união da sociedade e ações do Poder Público em favor da mulher, em protesto à agressão do DJ Ivis à ex-mulher Pamella.

Ainda na sessão, o plenário encaminhou pauta com 112 proposições, entre projetos de lei (enviados para comissões), requerimentos e indicações. Estas sugerem ações à Prefeitura. Os vereadores (a) voltarão a se reunir em sessão ordinária, nesta quarta-feira (14), às 9h, com transmissão ao vivo pela TV Câmara (canal 23.2 TCM Telecom e www.mossoro.rn.leg.br).

Assessoria de comunicação da CMM

Um comentário em “Câmara Municipal de Mossoró se solidariza a professor por fala de Deputado

  1. Eu sofri abuso doméstico por 15 anos da minha vida ,era escrava do pai do meu filho , esses meses da agrecão verbal passou a ser física e tudo isso na presença do meu filho , denuncie na delegacia da mulher onde estou bem amparada e me sinto protegida .Estou em liberdade há 2 meses , minha vida é outra hoje .

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Voltar ao Topo