CNJ autoriza retorno das atividades judiciais presenciais

O Conselho Nacional de Justiça emitiu a Resolução nº 322, que estabelece, no âmbito do Poder Judiciário, medidas para retomada dos serviços presenciais, observadas as ações necessárias para prevenção de contágio pelo novo Coronavírus – Covid-19.

Segundo a Resolução, a retomada das atividades presenciais nas unidades jurisdicionais e administrativas do Poder Judiciário deverá ocorrer de forma gradual e sistematizada, observada a implementação das medidas mínimas, e poderá ocorrer já a partir de 15 de junho, devendo cada Tribunal de Justiça deliberar sobre seu Estado.

Veja na íntegra:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Voltar ao Topo