Cosern mantém indicadores de qualidade superiores aos estabelecidos pela ANEEL

Os investimentos da Cosern em tecnologia e expansão de redes se refletem na qualidade dos serviços prestados aos seus 1,5 milhão de clientes. No segundo trimestre de 2021, a distribuidora potiguar manteve os indicadores DEC (Duração Equivalente de Interrupção por Consumidor) e FEC (Frequência Equivalente de Interrupção por Consumidor) enquadrados na previsão da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), demonstrando o resultado positivo da estratégia da companhia.

O DEC da Cosern no primeiro semestre de 2021 foi 7,88, melhor do que o limite regulatório, que era 11,35, e o FEC registrado foi de 3,08, abaixo dos 7,53 estabelecidos pela Aneel. 

Uma das tecnologias utilizadas pela Cosern é o sistema de self healing (auto recomposição, na tradução do inglês), que conta com equipamentos dotados de inteligência para isolar trechos atingidos por eventuais problemas – muitas vezes fatores externos, como quedas de galhos de árvores, por exemplo – e repará-los de forma automatizada. Assim, o fornecimento pode ser restabelecido para o maior número possível de clientes em até 60 segundos.

Ao todo, a Cosern possui cerca de 1.635 mil equipamentos religadores, dos quais 631 contam com o sistema, instalados em todas as regiões do estado. Como os indicadores DEC e FEC aferem as falhas ocorridas na rede, a ampliação do self healing é um dos principais fatores que refletem no bom desempenho da empresa.

A Cosern ressalta que a população sempre mantenha distância da rede elétrica.

ASSESSORIA DE IMPRENSA DA COSERN

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Voltar ao Topo