Instituto AgoraSei registra pesquisa em Mossoró. Isolda entra com ação impugnando

A pesquisa eleitoral, informada à Justiça Eleitoral para apresentar números relacionados à aceitação dos candidatos à Prefeitura de Mossoró e à Câmara Municipal, está sendo questionada juridicamente. É que as informações constantes no documento registrado no Tribunal Superior Eleitoral não batem com as características de Mossoró. E mais: informa que os dados seriam coletados em Caicó. A pesquisa é do instituto AgoraSei e foi contratada pela Rádio Difusora, onde o coordenador de campanha de Allyson Bezerra (Solidariedade) é diretor.

Mas o mais grave é que a pesquisa não indica o número de pessoas que serão entrevistadas nem apresentou o plano amostral, com detalhamento por bairro/comunidade, como se faz, geralmente, em pesquisa eleitoral. A informação que tem nesse sentido é a de que a empresa irá identificar a área na qual foi realizada a pesquisa até um dia depois da sua divulgação.


A pesquisa foi registrada sob o número RN-05763/2020 em 10/10/2020, com início da coleta de dados em 09/10/2020 e divulgação prevista para 16/10/2020.


O instituto em questão vem sendo questionado por pesquisas realizadas em outros municípios do Rio Grande do Note. Em Cruzeta, por exemplo, uma sondagem eleitoral foi suspensa por determinação da Justiça. Em Caicó houve situação idêntica: a Justiça não permitiu que pesquisa fosse divulgada. Portanto, não seria a primeira vez que o instituto em questão tem sua credibilidade questionada.

Mossoró Notícias

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Voltar ao Topo