Lançamento do livro Obra de Arte Isaura Amélia reúne grande público em noite de homenagens

Foto: Carlos Costa

“A senhora marca com o presente um imenso compromisso com o futuro”, essas foram palavras ditas pelo jurista Armando Holanda, que fez o discurso de abertura do lançamento do livro Obra de Arte Isaura Amélia. O evento ocorreu nesta terça, 14, na Casa Guaxinim, e contou com a presença de autoridades, artistas, escritores, empresários, além de apreciadores da arte de uma maneira geral.

Em sua fala, Armando ainda destacou a importância da publicação reunir obras de arte tão importantes como legado para as gerações futuras. “Um admirável exemplo de que a arte nao pode ficar enclausurada. A arte deve ser difundida, espalhada, conhecida”, enfatizou.

O livro lançado em Mossoró tem o selo da Sociedade Amigos da Pinacoteca, em coautoria com a Coleção Mossoroense e a Fundação Vingt-un Rosado. “Uma verdadeira pinacoteca. Um conteúdo riquíssimo. O volume 1.682 na coleção O Mossoroense”, comentou Dix-sept Rosado Sobrinho, presidente da Fundação Vingt-un Rosado.

O artista plástico Careca está no livro e é um dos homenageados na publicação. “É de grande importância para as artes plásticas, porque tenho certeza que esse livro terá um alcance nacional. Meu quadro que está no livro foi o primeiro lugar no Salão Dorian Gray”.

O evento contou com apresentação cultural, recitação de poesia, autógrafos do livro e música regional.

“O meu desejo é disponibilizar de forma gratuita esse acervo. Aqui temos um passaporte carimbado para a história. Mossoró ainda não tinha escrito sobre as suas artes plásticas”, finaliza a anfitriã Isaura Amélia, em seu discurso.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Voltar ao Topo