Pais de alunos cobram o retorno das aulas presenciais na Rede Municipal de Ensino

O Presidente da Comissão de Educação, Cultura, Esporte e Lazer da Câmara Municipal, vereador Prof. Francisco Carlos, tem realizado veementes cobranças dirigidas ao prefeito Alysson Bezerra, para que ele determine o retorno das aulas presenciais ou, pelo menos, divulgue um Plano de Retomada. A partir dessas provocações, a Prefeitura de Mossoró reagiu às cobranças do Prof. Francisco Carlos e divulgou uma nota, na qual não explica nada e nem informa a data de retorno das aulas.

O vereador esteve reunido com o Ministério Público, por meio do Promotor Olégario Gurgel, que demonstrou preocupação com a situação vivenciada pela Rede Municipal. Na ocasião, o promotor apresentou um relato sobre as gestões que o MP tem feito para assegurar o rápido retorno das aulas presenciais.

Para Francisco Carlos, é incompreensível a atitude até aqui tomada pela Prefeitura de Mossoró. “Não há razões que justifiquem o atraso no retorno das aulas presenciais em Mossoró, menos ainda a falta de divulgação de um Plano de Retomada. Não é razoável prolongar o prejuízo imposto ao desenvolvimento educacional das nossas crianças e adolescentes. Os pais dos alunos percebem isso e estão cobrando o retorno imediato das aulas. A mãe de um aluno da rede disse temer que as aulas só voltem no próximo ano.”, relatou o vereador.

Assessoria de imprensa do vereador

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Voltar ao Topo