Prefeitura de Mossoró reduz número de médicos nas UPA’s

O blog começou a Sexta-feira, 13, recebendo uma informação nada legal. Prefeitura de Mossoró demite médicos das UPA’s, no apagar das luzes.

No dia de ontem, 12, aconteceu uma reunião entre secretaria de Saúde do município e SAMA, e ficou determinada a redução de médicos nas unidades de pronto atendimento.

Um comunicado foi emitido. Veja:

“Boa noite!!!

Após reunião entre SAMA e Secretaria Municipal de Saúde de Mossoró ficou determinado o seguinte:

As escalas de serviços das UPAs do Alto de São Manoel e Santo Antônio terão a redução de um médico, permanecendo com dois médicos de 1h as 7h da manhã e três médicos nos demais horários.

Já na UPA do BH haverá a redução de uma escala, permanecendo os três médicos de plantão em todos os horários.

Essa redução determinada pela Administração ocorre objetivando manter a sanidade financeira e a pontualidade no repasse para os colegas médicos.”

Logo depois desse comunicado, alguns médicos chegaram a falar que desde o início da gestão atual as decisões, com relação a saúde, são sempre autoritárias e sem diálogo, e que a prefeitura trata o profissional de saúde como um problema.

Mais uma vez, Allyson Bezerra e sua equipe alegam calamidade financeira para criar um problema.

Um comentário em “Prefeitura de Mossoró reduz número de médicos nas UPA’s

  1. Esse medida adotada pela prefeitura é inviável!
    É uma sobrecarga aos médicos o que dificulta o atendimento a população.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Voltar ao Topo