Prefeitura de Umarizal segue atrapalhada

Não é de hoje que este blog mostra algumas trapalhadas da Prefeitura de Umarizal (e aí cabe aos órgãos competentes analisar se são ilegalidades).

Hoje, recebemos mais uma…

Na semana passada, recebemos a informação que a empresa M.A. de Oliveira Construções foi inabilitada de uma licitação, por pertencer ao filho do vereador da cidade, conhecido como “Marcos de Antônio de Néo”. Segundo o fundamento, a Lei Orgânica do Município veda tal contratação.

Até aí tudo bem.

Ocorre que hoje o Diário Oficial traz que o município pagou à mesma empresa a bagatela de mais de R$ 98 mil reais. Mas não seria ilegal a contratação? Existiram outras contratações?

Detalhe é que o pagamento se deu em virtude da prestação do serviço de limpeza urbana, mesmo objeto da inabilitação em outra contratação.

Como explicar?

A verdade é que a cada dia se mostra que o MP da cidade precisa agir…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Voltar ao Topo