Se essa moda pega

Na tarde desta terça-feira, 23 a Polícia Federal deflagrou a Operação Spoofing, que prendeu três homens e uma mulher suspeitos de serem os supostos hackers envolvidos no ataque ao celular do ministro Sergio Moro.

Ao todo, foram cumpridas 11 ordens judiciais. Sendo 7 mandados de busca e apreensão e 4 ordens de prisão temporária em SP, nas cidades de Ribeirão Preto e Araraquara.

Diversos nomes ligados diretamente ao presidente da república, Jair Bolsonaro, alegaram, nos últimos dias, ter tido seus celulares invadidos: Sergio Moro, Dallagnol , outros procuradores da Lava Jato, a líder do governo no Congresso Joice Hasselmann. e ontem o ministro da economia, Paulo Guedes.

A Operação Spoofing deve seguir com seu sigilo até esta quarta-feira, 24, então será possível saber os nomes dos 4 suspeitos presos pela PF hoje.

CURIOSIDADE

Araraquara, terra onde foi preso um dos supostos hackers, é conhecida como a “Capital Mundial da Laranja”.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Voltar ao Topo