Silêncio no Palácio da Resistência

O silêncio no palácio da Resistência predomina desde ontem, sexta-feira, 17.

Ninguém comentou ainda sobre a recomendação do Ministério Público, assinada pela Promotora Patrícia Antunes Martins, para a exoneração das três filhas do Vereador Raério, da gestão do Prefeito Allyson Bezerra.

Ontem, setores da imprensa, tentando encontrar uma defesa, divulgaram que o Prefeito ainda não tinha recebido oficialmente nenhum documento.

Allyson tem o prazo de 10 dias para responder se acatará a recomendação e 30 dias para realizar as exonerações.

O que temos de certeza é que, Allyson Bezerra e Raério cabeção “sumiram” do mapa.

Ninguém fala nada.

2 comentários sobre “Silêncio no Palácio da Resistência

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Voltar ao Topo